/ Sinopse
/ voltar
Local: Jardins do Palácio
Quarta, 28 Setembro | 10h00 a Sexta, 30 Setembro | 22h00
Teatro
Em Fuga
O Bando

O Teatro O Bando dispõe, actualmente, da Acção Itinerante "EM FUGA". É uma iniciativa inédita na qual os actores d´O Bando estabelecem uma interacção directa com pequenos grupos de espectadores. Trata-se de personagens de referência em peças d´O Bando, a partir de textos de autores portugueses, dirigidos a crianças e jovens. Pretende-se contagiar aquele público para textos não dramatúrgicos que estimulam a criatividade.

DULCINHA

A partir de "Montedemo", de Hélia Correia
Actor / Contador e Adaptação Antónia Terrinha
Encenação João Brites

Sinopse
Uma história que se conta numa aldeia de bonecas; um brincar ao faz-de-conta.
A Actriz pinta-se e entra na personagem do livro, fazendo-nos viver a história da sua Autora, Hélia Correia.

"Era uma vez um monte mágico, o amor de uma mulher, o nascimento de um menino negro;
Era uma vez uma aldeia, um ambiente popular, ao mesmo tempo místico, ao mesmo tempo profano;
Era uma vez uma rapariga tonta que falava com as estrelas;
Era uma vez a paixão e a raiva;
Era uma vez o cheiro, a terra, o fogo, o mar;
Era uma vez."

GABRIEL

A partir de Álvaro de Campos, Fernando Pessoa (Dobrada à Moda do Porto, Lá-Bás, Je Ne Sais Où, Pecado Original, Passagem das Horas); Mário de Sá-Carneiro (O Outro), José Saramago (fragmento de Evangelho Segundo Jesus Cristo); textos da Bíblia; textos de André Amálio
Actor / Contador e Adaptação André Amálio
Encenação João Brites

Sinopse
Gabriel é uma personagem que nasceu dos textos dos poetas
Homens atormentados com a existência falam pela voz de Gabriel. Quando ele era pequeno perguntavam-lhe o que é que queria ser quando fosse grande. Ele dizia que quando fosse grande queria fazer milagres. Ao que lhe respondiam que era fácil fazer milagres, o difícil era fazê-los milagrosamente. "Não sei, sei que espero que vocês percebam que vocês continuam à minha espera".
Gabriel carrega obstinadamente o mundo, mas fica-lhe sempre o desassossego que resta no fundo de todos os cálices.

2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800