/ Sinopse
/ voltar
Quinta, 17 Novembro | 22h00
Música | Grande Auditório
Dave Liebman Quartet

David Liebman

A carreira de David Liebman conta mais de três décadas, começando no início dos anos de 70 como saxofonista nos grupos de Elvin Jones e Miles Davis. Desde então tem liderado as suas próprias bandas, convidando grandes músicos como John Scofield, Adam Nussbaum, Richie Beirach, Billy Hart e outros. O presente quarteto actua em conjunto desde 1991 e o artista de destaque é Vic Juris. O nome de Dave Liebman encontra-se muito frequentemente na lista dos `Top Cinco´ dos músicos de saxofone soprano nas sondagens da revista Down Beat desde a sua colaboração com o lendário Miles Davis em 1973.
Liebman já participou em mais de 300 gravações, nas quais tinha o papel de director de grupo e  em mais de 100 como assistente. O seu repertório tem centenas de composições originais em várias linguagens incluindo arranjos (reworkings) dos `standards´ de jazz, free jazz, música de câmara, big band, fusion e duos de piano e saxofone. Na área da educação é conhecido pelas suas comunicações e palestras e por vários livros considerados essenciais: Self Portrait Of A Jazz Artist; A Chromatic Approach To Jazz Harmony And Melody; Developing A Personal Saxophone Sound, etc. Muitas destas obras já foram traduzidas noutras línguas. Liebman também editou vídeos pedagógicos e música de câmara.
Foi fundador em 1989 da Associação Internacional de Escolas de Jazz (International Association of Schools of Jazz - IASJ), uma organização de escolas em mais de 40 países,  sendo actualmente o seu Director Artístico. Para destacar alguns prémios, citamos duas bolsas concedidas pelo prestigiado National Endowment for the Arts (NEA) para financiar actuações e composições; um doutoramento honoris causa da Academia Sibelius em Helsínquia (Finlândia) em 1997; nomeações para os Grammy na categoria de Best Jazz Solo em 1998 e Best Big Band Arrangement em 2004; o seu nome inscrito no International Association of Jazz Educators Hall of Fame em 2000; um prémio por dedicação à sua comunidade, o Fred Waring Award for Service to the Arts; e a bolsa do Pennsylvania Council of the Arts em 2005. É membro do Board of Advisers da revista Jazz Improv, da Pennsylvania Regional Jazz Coalition, e da American Jazz Venue.  É docente na Graduate Division for Jazz na Manhattan School of Music.
"Enquanto os outros da geração de 60 já abandonaram as suas ambições, Liebman continua destemido relativamente à suas composições e vontade de tentar novos estilos... é um lutador." - New York Times (Ben Ratliff)
"Com a morte de Dizzy Gillespie, Liebman é muito possivelmente o principal defensor de jazz como forma musical internacional. Em 1989 fundou a IASJ, uma organização de escolas de jazz abrangendo todos os continentes e incluindo 40 países, com base no modelo das Nações Unidas, cujo objectivo é o alargamento das tradições de jazz através dos meios globais." - Jazz Times

2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800