/ Sinopse
/ informação adicional
/ voltar
Serviço Educativo

Marcações para Escolas: as marcações para o espectáculo "Estórias do Dia e da Noite" poderão ser efectuadas através do telefone 253 424 700, fax 253 424 710, ou via e-mail geral@aoficina.pt
Terça, 14 Março | 15h30 a Sexta, 17 Março | 17h00
Teatro | Pequeno Auditório
Estórias do Dia e da Noite | Limite Zero
Teatro de Formas Animadas

Depois da criação de "O Pinto Borrachudo", em 2003, e "Pedro Sem - Um portuense de maus fígados", em 2004, (em parceria com a Oficina), a Limite Zero apresenta agora "Estórias do Dia e da Noite", um espectáculo inspirado a partir da recolha de contos tradicionais portugueses realizada por Adolfo Casais Monteiro e por Consiglieri Pedroso. O espectáculo terá lugar no Pequeno Auditório nos próximos dias 14, 15, 16 e 17 de Março, às 15h30.

Dois parceiros de aventuras - amigos mas sempre em disputa - andam de terra em terra na sua Carroça Mágica, apresentando ao público as suas versões de Estórias de Amor, Fadas e Aventuras. De Dia - discutem! De Noite - realizam a magia do Teatro de Sombras!
Nas suas Estórias encontramos Príncipes e Princesas, Bruxas e Dragões, Mochos e Raposas, Lobos e Reis - enfim, tudo aquilo que existe ou que seria bom que existisse para nossa alegria e diversão! Cada Estória - adaptada a partir dos Contos Populares "O Aprendiz de Feiticeiro", "O Rei Mentiroso", "A Raposa e o Mocho", "A Raposa, o Lobo e o Carneiro" - é antecedida pelos apetitosos diálogos críticos do Cirro e do Nimbo, os dois comparsas permanentes destas peripécias, e recorre às Sombras e aos Efeitos Especiais, Visuais e Sonoros, desta Equipa de Teatro Mágico!

Com o intuito de envolver cada vez mais o público escolar em dinâmicas de criação e experimentação, o Centro Cultural Vila Flor propôs à Limite Zero criar uma acção de formação para educadores sobre técnicas de animação de formas e volumes para teatro, que se realizou durante o passado mês de Janeiro. Ao grupo de formandos, sugeriu-se que aplicassem esses conceitos e tecnologias nas instituições onde desenvolvem a sua actividade diária, criando pequenos espectáculos a ser posteriormente apresentados no Centro Cultural.

Assim, no próximo dia 7 de Março, às 10h30, no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, serão apresentadas as peças criadas no Jardim Infantil Abel Salazar (Casais de Brito), no Jardim Infantil do Centro Paroquial D. António Bento Martins Brito (Guimarães) e no Jardim Infantil da Casa do Povo de Serzedelo, contando com a participação das crianças e dos seus educadores.


Texto Jorge Constante Pereira, Encenaçãomarionetas e cenografia Raul Constante Pereira, Desenho de Sombras Fernando Silva, Iluminação Pedro Carvalho, Sonoplastia Fernando Rodrigues, Interpretação Ângela B. Marques, Raul Constante Pereira, Execução de Figurinos Branca Elísio, Construção Hernâni Miranda, Inês Coutinho, Rosário Matos, Pedro Esperança, Tomás Dias, Produção executiva Cristiana Morais, Produção Limite Zero, Design Gráfico Marta Fernandes, Duração: 50 minutos, Público-alvo: dos 5 aos 10 anos

2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800