/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ voltar
Preços com desconto (C/D)
Cartão Municipal de Idoso e Reformados
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Cartão Jovem Municipal; Cartão Jovem, Menores de 25 anos e Estudantes; Deficientes e Acompanhante

Cartão CCVF_desconto 50%

*
grupos organizados
mínimo 10 pessoas
Sexta, 13 Março | 22h00 a Sábado, 14 Março | 22h00
Teatro | Grande Auditório
Fragments
Peter Brook
Nome venerado do teatro contemporâneo, Peter Brook é, sem dúvida, um dos melhores encenadores do século XX.

“Fragments”, uma das suas últimas criações, junta quatro curtas peças de Samuel Beckett, “Rough for Theatre I”, “Rockaby”, “Act Without Words II”, “Come and Go” e um poema “Neither”. O resultado condiz com o caminho minimalista dos seus últimos trabalhos: um cenário simples, sem elementos sumptuosos e apenas três actores que representam uma galeria de personagens em contextos inusitados e repletos de contradições. Inicialmente apresentado em francês, em Outubro de 2006, no Teatro Bouffes du Nord, em Paris, e depois revisitada em inglês no Young Vic Theatre, de Londres, em Setembro de 2007, “Fragments” chega agora a Guimarães, ao palco do Centro Cultural Vila Flor, depois de já ter percorrido alguns dos mais prestigiados Teatros do mundo. Aos 83 anos, Peter Brook é indiscutivelmente um dos mais respeitados encenadores do teatro contemporâneo. Nasceu em Londres em 1925, cidade onde encenou a sua primeira peça em 1943. Desde então, dirigiu mais de 70 produções em Londres, Paris e Nova Iorque.

Dramaturgia Samuel Beckett
Encenação Peter Brook
Colaboração Marie Hélène Estienne
Interpretação Hayley Carmichael, António Gil Martinez e César Sarachu
Desenho de Luz Philippe Vialatte
Produção C.I.C.T. / Théâtre des Bouffes du Nord, Paris
Fotografia E. Rodrigues Agencia Estado
Maiores de 12
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800