/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ voltar
Preços com desconto (c/d)
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante; Cartão Jovem Municipal; Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes; Sócios do Convívio e alunos da Academia Valentim Moreira de Sá

Cartão CCVF_desconto 50%
Sábado, 3 Setembro | 22h00
Música | Grande Auditório
Policromia musical
Em trio | Beethoven, Vargas, Schoenfield
Instrumentistas de renome internacional interpretam obras para trio de grandes compositores como beethoven, vargas e schoenfield.

Tipicamente com violino, violoncelo e piano, o trio é uma formação disseminada no classicismo, marcada inicialmente pela produção de Haydn (1732-1809). Embora tendo sido publicadas versões para essa formação tipificada, o Trio Op. 11 (1797) é uma das duas obras escritas por Beethoven (1770-1827) para clarinete, violoncelo, e piano, colocando em evidência o instrumento de sopro na parte aguda. Na 1ª parte do recital, um Beethoven da juventude junta-se a um António Pinho Vargas numa fase de grande maturidade. A 2ª parte do concerto é reservada a uma apelativa criação do americano Paul Schoenfield (n. 1947), numa primeira audição em Portugal de um trio onde Jazz e Kletzmer se cruzam – a música popular negra dos Estados Unidos com a tradição Yiddish da Europa Central. O melting pot que sempre iluminou a cultura dos povos onde a cultura de raças diferentes converge e não se exclui.

 

PROGRAMA

I PARTE
Steve Cohen Clarinete
Xavier Gagnepain Violoncelo
Alicia Permuy Piano
L. van Beethoven Trio nº 4, Op. 11, Gassenhauer em Si bemol maior 
António Saiote Clarinete
Xavier Gagnepain Violoncelo
Elsa Silva Piano
A. Pinho Vargas Quatro ou cinco Movimentos fugidios da água (2001 | 15’)

II PARTE 
António Saiote Clarinete
Gerardo Ribeiro Violino
Alexei Eremine Piano
Paul Schoenfield Trio 


Maiores de 6

 

2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800