/ Sinopse
/ formulário inscrição
/ voltar
As inscrições podem ser efetuadas no CCVF ou neste site e só serão consideradas válidas após realizado o pagamento respetivo. O pagamento poderá ser efetuado em numerário no Centro Cultural Vila Flor, através de cheque enviado por correio à ordem de “A Oficina, CIPRL”, ou através de referência multibanco a gerar no ato de inscrição, até à data limite designada para o efeito. Em caso de desistência, o valor apenas será reembolsado se a mesma ocorrer até 48h antes do início da atividade.
Terça, 21 Agosto | 11h00 a Sábado, 25 Agosto | 20h00
Formação
Laboratórios na Paisagem
Laboratórios | dos 15 aos 21 anos
Em agosto, um programa especial de laboratórios de criação para jovens desafia a um mergulho entre arte, ciência e paisagem num espaço de cruzamentos: o novo Laboratório da Paisagem, em Guimarães.

Estes Laboratórios na Paisagem são divididos em dois núcleos, o primeiro, de 21 a 24 de agosto, centrado na relação entre ciência e criação artística, o segundo, de 23 a 25 de agosto, construído nas interseções entre voz/corpo e escrita, ambos com a paisagem como cenário e inspiração. Cada um dos núcleos possibilita diferentes formatos de participação, ou num único laboratório ou no núcleo completo.

 
Terça a quinta | 21 a 23 de agosto
NÚCLEO I
Laboratórios de Bio art – Biotecnologia | Corpo/ Movimento
 
Este núcleo pode ser olhado sob duas perspetivas: uma no cruzamento entre as artes visuais e a biotecnologia, outra entre artes performativas, paisagem e pensamento. Caberá aos participantes escolher um ponto de vista ou deixar-se levar pela exploração dos seus limites e pelos limites entre diferentes áreas de conhecimento e de produção de novas formas artísticas.
 
Bio art – Biotecnologia | Marta de Menezes
O trabalho de Marta de Menezes tem-se focado nas possibilidades que a biologia, nomeadamente a biotecnologia, oferece atualmente aos artistas, enquanto novo media. A artista procura acompanhar os avanços das ciências a este nível e incorporar no seu trabalho elementos como ADN, proteínas e células, matérias que oferecem um novo léxico de representação e comunicação. Este trabalho enquadra-se num novo tipo de arte, produzido em laboratórios e tubos de ensaio, como se fossem ateliers de criação artística.
Horário dia 21, das 14h30 às 17h30 e das 18h00 às 20h00, dias 22 e 23, das 14h30 às 17h30
 
Corpo/ Movimento | coletivo qualquer
O coletivo qualquer, formado por Luciana Chieregati e Ibon Salvador, tem aprofundado o seu fazer artístico em criação e pesquisa do corpo em movimento e das suas articulações com o pensamento e a filosofia, não separando a prática da teoria. Neste laboratório propõem-se explorar o corpo e o movimento em diálogo com os contextos em que aparecem inseridos, bem como com uma paisagem em constante transformação, procurando ampliar as escutas do corpo que dança e explorando diferentes maneiras de composição entre os corpos e os espaços.
Horário dia 21, das 11h00 às 13h00, dias 22 e 23, das 11h00 às 13h00 e das 18h00 às 20h00
 
Quinta a sábado | 23 a 25 de agosto
NÚCLEO II
Laboratórios de Voz/ Corpo | Escrita | Performance/ Interpretação
 
O núcleo II propõe dois laboratórios base, um na área da voz/corpo e outro na área da escrita; como ferramentas distintas mas potencialmente complementares, estes elementos são também colocados em relação íntima num terceiro laboratório, para explorar e desenvolver as potencialidades de cada um enquanto intérprete e criador, enquanto performer e ator, inclusive no trabalho em grupo. Palavras, sons, movimento e espaço são convocados e modelados com vista à criação cénica.
 
Voz/ Corpo | Margarida Mestre
A voz e o corpo são ferramentas indissociáveis, com um potencial tão mais vasto quanto mais intimamente relacionado, quer no quotidiano quer em prol da criação artística. Recorrendo a experiências diversas, os participantes poderão compreender melhor a voz enquanto fenómeno físico e ancorado no corpo enquanto caixa-de-ressonância sensível, bem como aprender a potenciar o seu uso, no que respeita a respiração, entoação, tom, articulação, dicção e tessitura vocal. Margarida Mestre, além de performer com um trabalho próprio de criação, tem uma vasta experiência pedagógica com grupos de todas as proveniências.
Horário dia 23 a 25, das 11h00 às 13h00
 
Escrita | Luís Mestre
Neste laboratório serão abordados os pontos base para experimentar/criar/desenvolver ferramentas pessoais para a escrita cénica. Através de exercícios, exploração de conceitos, exemplos, análise de textos e visualizações de excertos de espetáculos e de filmes, cada participante criará uma estrutura base para a construção de um texto para ser dito ou lido em cena. Luís Mestre é encenador, ator e dramaturgo e conta já com inúmeros prémios e menções honrosas no campo da escrita teatral.
Horário dia 23 a 25, das 14h30 às 17h30
 
Performance/ Interpretação | Luís Mestre e Margarida Mestre
Os dois laboratórios anteriores são colocados em relação íntima para explorar e desenvolver as potencialidades de cada um enquanto intérprete e criador, enquanto performer e ator, inclusive no trabalho em grupo. Palavras, sons, movimento e espaço são convocados e modelados com vista à criação cénica.
Horário dia 23 a 25, das 18h00 às 20h00
 
Local Laboratório da Paisagem (Veiga de Creixomil – Guimarães)
Público-alvo dos 15 aos 21 anos
Preço 5 eur/ 1 laboratório | 10 eur/ núcleo completo
Duração Variável, de acordo com os diferentes laboratórios
Lotação 15 participantes por laboratório
Data limite de inscrição 13 de agosto
 
As inscrições e o respetivo pagamento podem ser efetuados no CCVF ou neste site através do preenchimento do formulário disponível online. Para informações, contactar o Serviço Educativo, através do e-mail servico.educativo@guimaraes2012.pt
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800