/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ video
/ voltar
Preços com desconto (C/D)
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante; Cartão Jovem Municipal; Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Quinta, 14 Fevereiro | 22h00
Dança | Outros Locais
altered natives` Say Yes To Another Excess - TWERK
François Chaignaud e Cecilia Bengolea
Inspirados em danças populares, ritmos que se misturam em clubes, Cecilia Bengolea e François Chaignaud tratam a dança como representação “abstrata”.

Twerk, em gíria urbana, significa “trabalhar o corpo como na dança, em especial as nádegas”. É também uma nova dança, de origem africana, que é moda nos clubes de Nova Iorque. Este é o ponto de partida para uma peça que pretende tratar a dança como representação “abstrata”, como simples expressividade e poética, de teor pré-consciente e discursivo. Cecilia Bengolea e François Chaignaud são os criadores de um trabalho que se inspira em danças populares, ritmos que se cruzam em clubes – de Londres a Nova Iorque – transformados em lugares de pesquisa e investigação. Hip hop, house, dancehall, kump, ballet…. Reggae, drum&bass, garage, jungle, Grime…. Uma performance que assenta na partilha de um objetivo único: a dança determina o momento. Em palco, cinco bailarinos interpretam uma coreografia estudada, contudo desenfreada. Uma dança de apelo direto que se introduz nos corpos, acrobática e coletiva, que enlouquece e surpreende. A música alterna entre estilos, comandada pelos DJs Elijah e Skilliam. Há jogo de luz e ritmo, como se o clube fosse, de certa forma, transportado para cena. Apenas uma preocupação: são as texturas musicais que impulsionam os corpos. Shall we twerk?

Criado por Cecilia Bengolea e François Chaignaud Interpretação Élisa Yvelin, Alex Mugler, Ana Pi, Cecilia Bengolea e François Chaignaud Música DJ Elijah, DJ Skilliam (Butterz, London – UK) Desenho de Luz Sindy Négoce, Jean-Marc Segalen, Cecilia Bengolea François Chaignaud Figurinos Cecilia Bengolea e François Chaignaud Produção/administração Cécile Vermorel Difusão Sarah de Ganck / Art Happens
Assessor-consultor Alexandre Roccoli Conselheiro musical Miguel Cullen Agradecimentos a Elisabeth Schwartz, Warren, Mike, Sarah Chaumette, Alexandre Paulikevitch, Blazin Twins, Boot Dance Camp, Marie-Thérèse Allier, Frédéric Perouchine, Courtney Juicy Couture, Laurent Vinauger Produzido por Vlovajob Pru Coproduzido por Biennale de la danse de Lyon, Les Spectacles Vivants – Centre Pompidou (Paris), Festival d’Automne à Paris, Centre de Développement Chorégraphique Toulouse/Midi-Pyrénées, Centre Chorégraphique National de Franche-Comté à Belfort, Centre Chorégraphique National de Grenoble, Le Vivat d’Armentières – Scène conventionnée danse et théâtre, Centre Chorégraphique National de Caen/Basse-Normandie Produção financiada por Arcadi, Chez Bushwick - NYC (development residence), FUSED: French U.S. Exchange in Dance, um programa de New England Foundation for the Arts` National Dance Project, Cultural Services of the French Embassy in the United States, e FACE (French American Cultural Exchange), com financiamento de Doris Duke Charitable Foundation e de Florence Gould Foundation Com o apoio de La Ménagerie de Verre (Paris) Vlovajob Pru é financiado por DRAC Poitou-Charentes e é apoiado pelo Institut Français para os projetos no exterior Cecilia Bengolea e François Chaignaud são artistas associados de La Ménagerie de Verre (Paris)
Maiores de 16 anos
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800