/ Sinopse
/ informação adicional
/ voltar
Sábado, 8 Junho | 10h00 a Domingo, 30 Junho | 17h30
Outras atividades | Outros Locais
Atabicar o caminho - um audiowalk pela cidade
Percurso pela cidade c/ saída na PAC | Jovens e adultos
“Atabicar o caminho” resulta de um convite do Serviço Educativo de Guimarães 2012 ao músico e sonoplasta João Martins para atravessar e religar algumas das intervenções urbanas recentes em Guimarães, com particular enfoque na Zona de Couros.
Com partida na Plataforma das Artes e da Criatividade, o “audiowalk” proposto por João Martins é uma intervenção sonora sobre um percurso de (re)descoberta e exploração da envolvente urbana do Rio de Couros, cruzando e unindo alguns dos seus espaços singulares, entre as antigas propriedades das Dominicas, onde se instalaram o novo espaço da Feira Semanal e do Mercado Municipal, a jusante, e o núcleo central da Zona de Couros, onde se preservam os vestígios arqueológicos da atividade que deu o nome ao lugar e ao curso de água.
 
Este projeto, desenvolvido em contacto com indivíduos e comunidades que, de formas diversificadas, habitam, usam e conhecem este território, pretende refletir sobre a natureza dos processos de evolução da cidade, projetando sobre o espaço físico as alterações sociais, económicas e políticas que o conformam, assim como extratos das biografias pessoais e coletivas que lhe dão vida ao longo da história. Um passeio de natureza imersiva, sobre um percurso invulgar, que cruza diferentes visões e relações, na construção de um objeto artístico que se assume como “uma companhia sonora para caminhantes solitários”(1).

Conceção e criação João Martins Apoio à dramaturgia Nuno Casimiro Interpretação (voz off) Pedro Carreira, com participação especial de Ana Vitorino Agradecimentos Ao Norte, AVE, Cineclube de Guimarães, CLAII/GAE e Fraterna, Eduardo Brito, Filipe Fontes, Gil Almeida, João Sarmento, Manuel Fernandes, Manuela Freitas, Paula Oliveira, Ricardo Rodrigues, Sandra Rodrigues, Virgínia Macedo e Vera Ribeiro e a todas e todos que emprestaram os seus testemunhos e vozes a este projeto, recebendo-o nas instituições, nas ruas e em suas casas Agradecimentos especiais a António Amaro das Neves e Carlos Poças Falcão, cujos textos inspiraram alguns momentos e expressões, a Elisabete Pinto, pelo estudo do burgo de Couros e pelo arquivo de testemunhos de trabalhadores da indústria dos curtumes
(1) O formato audiowalk, com este "mote", foi inicialmente desenvolvido em Portugal pela companhia de teatro Visões Úteis, com a colaboração de João Martins.

Maiores de 12
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800