/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ voltar
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Sábado, 30 Novembro | 23h59
Música | Café Concerto
Kimi Djabaté
Radicado há muito em Lisboa, o músico guineense griot atua em Guimarães com um concerto representativo da combinação da música tradicional mandinga da Guiné-Bissau com a música atual.

Nascido na Guiné Bissau, Kimi Djabaté é um guitarrista, percussionista e balafonista (xilofone africano) com uma voz de exceção. A sua música é encantadora e melódica, com toques de um swing Afro-Latino que acentua os sons suaves do seu balafon. É considerado uma das ligações contemporâneas à preciosa herança da música tradicional griot. A vocação e a primazia na aprendizagem em música tradicional mandinga fez com que se interessasse, também, por outros estilos musicais como a dança local gumbé, o afrobeat nigeriano, a morna de Cabo Verde e o jazz e o blues americano, os quais vieram a influenciar as composições musicais de que é autor e compositor. O tema central do seu segundo álbum, “Karam”, é África, as suas realidades sociais e políticas, traduzindo-se numa expressão das suas raízes griot e prestando homenagem ao povo, espírito e alma da África que está no coração da sua música. Quando "Karam" foi editado internacionalmente, as reações ultrapassaram as melhores expectativas: a "Billboard", o "Boston Globe", o "Finantial Times" e a BBC3 cobriram-no de elogios, tendo merecido o 2º lugar na World Music Charts Europe.

Kimi Djabaté guitarra acústica, balafon e voz
Bubacar Djabaté balafon e voz
Maiores de 12
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800