/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ video
/ voltar
Local: BLACK BOX DA PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE

Preços com desconto (C/D)
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante; Cartão Jovem Municipal; Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Quinta, 13 Fevereiro | 19h30
Dança | Outros Locais
Hale
Aleksandra Osowicz, Filipe Pereira, Helena Martos Ramírez, Inês Campos e Matthieu Ehrlacher
Hale é uma performance de grande plasticidade, cor, movimento.

Cinco bailarinos. 23kg de plástico. 1710W de potência de ventiladores. Uma arquitetura plástica que confere vida à matéria inanimada. Segundo os criadores, um “(…) encontro entre o naturalmente artificial e o artificialmente orgânico”. Chamam-lhe estudo para um organismo artificial.

Criação e Luz Aleksandra Osowicz, Filipe Pereira, Helena Martos, Inês Campos e Matthieu Ehrlacher Interpretação Filipe Pereira, Francisca Pinto, Helena Martos, Inês Campos, Joana Leal e Matthieu Ehrlacher Sonoplastia João Bento Aconselhamento de Luz Carlos Ramos Aconselhamento Artístico Patrícia Portela Residências artísticas Espaço Alkantara, O Espaço do Tempo, Forum Dança/Edificio Apoio Forum Dança, Départs Agradecimentos António Campos, Atelier RE.AL, Joana Duarte, Mariana Bártolo, O Rumo do Fumo, Sofia Dias, Teatro Praga, Teresa Silva e Vítor Roriz
HALE-estudo para um organismo artificial, é um projeto que foi iniciado no contexto do PEPCC/Programa de Estudo, Pesquisa e Criação Coreográfica ministrado pelo Forum Dança (Lisboa 2010/12)
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800