/ Sinopse
/ voltar
Terça, 11 Fevereiro | 11h19 a Segunda, 17 Março | 23h59
Teatro
Audição MIMA-FATÁXA
Inscrições
Procuramos 20 participantes de Guimarães, maiores de 18 anos, para integrar este projeto.
Depois da direção artística de Almada, Um Nome de Guerra/Nós Não Estamos Algures (Serralves, 2012), MIMA-FATÁXA representa o regresso de João Sousa Cardoso a José de Almada Negreiros.

Trata-se de um espetáculo concebido a partir de três textos do autor de vanguarda: Os Ingleses fumam Cachimbo (1919), Mima-Fatáxa (1919/1920) e A Cena do Ódio (1915), que são interpretados pela cantora Ana Deus e pelo ator Ricardo Bueno, acompanhados por vinte participantes locais. MIMA-FATÁXA revisita a vitalidade das ideias e da linguagem do primeiro Modernismo, propondo uma crua interpelação da vida cultural, social e política do país no presente, na senda da provocação que Almada Negreiros nos lançou e deixou em herança.
 
Encarnando a voz e a visão de Almada Negreiros, talvez o mais completo artista português dos últimos cem anos, ao mesmo tempo que experimenta os cruzamentos entre a leitura e a dramatização, João Sousa Cardoso questiona, em MIMA-FATÁXA, o lugar da palavra pública em Portugal e constrói uma perspetiva de esperança na regeneração da vida coletiva, na aurora de um novo século.
 
MIMA-FATÁXA apresenta-se a público nos dias 28 e 29 de março, no Pequeno Auditório do CCVF.

É necessário disponibilidade de 6 horas diárias entre os dias 24 e 29 de março. Não é condição ter experiência ou formação teatral. Os interessados poderão enviar CV, carta de motivação e foto até 17 de março para servicoeducativo@aoficina.pt.
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800