/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ video
/ voltar
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem Municipal, Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural e Sócios do Hot Clube de Portugal
Sábado, 23 Maio | 22h00 a Sábado, 23 Maio | 23h59
Música | Grande Auditório
Ao (Re)Encontro do Sexteto de Jazz de Lisboa
O Sexteto de Jazz de Lisboa reencontra-se em palco ao fim de quase 30 anos. Um concerto memorável, que será também uma homenagem ao desaparecimento de Jorge Reis.
O Ciclo “Histórias de Jazz em Portugal” (coproduzido pelo Hot Clube de Portugal e pelo Centro Cultural Vila Flor), teve como objetivo maior dos seus autores, António Curvelo e Manuel Jorge Veloso, testemunhar “o momento único do jazz que se faz hoje em Portugal”, sem esquecer as décadas anteriores que ajudaram a cimentar a cena atual. Nesse contexto, desafiaram o Sexteto de Jazz de Lisboa, grupo histórico criado nos anos 80, a reencontrar-se em palco após quase 30 anos da gravação do seu único disco, “Ao Encontro” (1988), tendo os seus membros — Tomás Pimentel, Jorge Reis, Edgar Caramelo, Mário Laginha, Pedro Barreiros e Mário Barreiros — aceite o repto, recriando o repertório original acrescido de novas composições e arranjos. Perante a súbita partida de Jorge Reis (perda irreparável para o nosso jazz), os seus companheiros decidiram manter o projeto, agora também como uma sentida homenagem, convidando para o seu lugar o jovem saxofonista Ricardo Toscano. 
Tomás Pimentel trompete, fliscórnio
Edgar Caramelo saxofones
Ricardo Toscano saxofones
Mário Laginha piano
Pedro Barreiros contrabaixo
Mário Barreiros bateria
Maiores de 12 
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800