/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ voltar
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Sábado, 18 Março | 22h00
Outras atividades | Grande Auditório
Hallo
Martin Zimmermann
Martin Zimmermann, génio do novo circo, com uma carreira de 20 anos, apresenta o seu primeiro (até agora único) espetáculo a solo, este extraordinário “Hallo”.
Artista do movimento, o suíço Martin Zimmermann traz ao Centro Cultural Vila Flor a sua primeira criação a solo, com a qual tem percorrido o mundo, com grande sucesso. Em “Hallo”, Martin forma uma personagem com um corpo de boneco articulado e a agilidade de um contorcionista, um tipo ingénuo e desastrado que faz rir sem querer. O cenário e os objetos que vão surgindo na peça têm vida própria e passam o tempo a pregar-lhe partidas, colocando-o em situações embaraçosas, desconfortáveis e divertidas. O espetáculo resulta dos choques múltiplos entre o homem e as suas diversas personalidades. Martin procura, assim, dar vida às múltiplas maneiras de sermos nós próprios, como quem desenha, com delicadeza, o esboço de uma vida. Entre a ficção e a realidade, Martin Zimmermann tem subido aos palcos de todo o mundo nos últimos 20 anos. “Hallo” demonstra a mesma paixão pelo desempenho que teve no início e ao longo de toda a sua carreira. 
Conceito, encenação, coreografia, cenário e interpretação Martin Zimmermann Dramaturgia Sabine Geistlich
Desenvolvimento do cenário, coordenação técnica Ingo Groher Criação musical Colin Vallon Assistência de encenação e coreografia Eugénie Rebetez Criação de Figurinos Franziska Born Desenho de luz Sammy Marchina Desenho de som Andy Neresheimer Direção de cena, figuração Roger Studer Produção executiva Sarah Büchel Conceção técnica do cenário Christiane Voth, Ingo Groher Construção do cenário Ateliers Théâtre Vidy Lausanne, Ingo Groher Controlo e motorização do cenário Thierry Kaltenrieder Figurinos Franziska Born, Bea Zimmermann Pintura da decoração Michèle Rebetez-Martin Acessórios Atelier CLSFX Paris, Eric Rhis Direção técnica Roger Studer/Sarah Büchel  Técnico de luz Sammy Marchina/Jérôme Bueche/Jan Olieslagers  Técnico de maquinaria Sarah Büchel/Jan Olieslagers Técnico de som Franck Bourgoin/Andy Neresheimer Produção técnica Sarah Büchel Comunicação Yvonne Kummer Contabilidade e escritório Conny Heeb Administração e difusão Alain Vuignier Produção internacional Claire Béjanin  Direção artística Dimitri de Perrot, Martin Zimmermann Produção Zimmermann & de Perrot  Coprodução Châteauvallon Centre National de Création et de Diffusion Culturelles; Espace Jean Legendre, Compiègne – scène nationale de l`Oise en préfiguration; KVS - Koninklijke Vlaamse Schouwburg Brussels; Le Merlan, scène nationale de Marseille avec Pôle Cirque Méditerranée; (CREAC de Marseille, Théâtre Europe - La Seyne sur Mer); La Filature, scène nationale de Mulhouse; Le Maillon, Théâtre de Strasbourg-Scène européenne; Le pour-cent culturel Migros; Le Volcan, scène nationale du Havre; Les Théâtres de la Ville de Luxembourg; Theater Casino Zug; Théâtre de la Ville - Paris; Théâtre Vidy-Lausanne; Zürcher Theater Spektakel Com o apoio de Ernst Göhner Foundationn Agradecimentos Schauspielhaus Zürich 
A Zimmermann & de Perrot é apoiada por um contrato cooperativo de apoio entre o departamento de negócios culturais da cidade de Zurique, o serviço de assuntos culturais do Cantão de Zurique e o Pro Helvetia, Conselho Suíço para as Artes. Desde 2006, a Zimmermann & de Perrot beneficiou do apoio da Fundação BNP Paribas para o desenvolvimento dos seus projetos. Ensaios finais e estreia em Théâtre Vidy-Lausanne a 4 de novembro de 2014 Maiores de 12
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800