/ Sinopse
/ informação adicional
/ imagens
/ voltar
Sábado, 10 Março | 21h30
Outras atividades | Grande Auditório
Plan B
Aurélien Bory/Phil Soltanoff | Circus Arts Weekend
“Plan B” é o segundo espetáculo de uma trilogia, da companhia francesa Cie 111, que combina malabarismo e acrobacia a partir da restrição de espaço.
Este icónico espetáculo, criado por Aurélien Bory e Phil Soltanoff em 2003, chega ao CCVF e explora as várias latitudes do nome que o batiza. “Plano B” como o plano alternativo a um projeto falhado, mas também do ponto de vista da significância espacial e geométrica. Toda a criação é desenvolvida em torno do cenário que consiste numa superfície plana inclinada que joga com a barreira física da gravidade, sendo a narrativa comunicada de forma visual e sonora. Uma história que tanto tem uma exuberância abstrata como revela as características mais simples e inocentes do ser humano: a confrontação com um problema, a descoberta de uma solução, o aprimorar dessa resolução e depois um outro problema, a saturação. Assim, a audiência encontrará sempre uma relação com a peça – a identificação com o quotidiano. A identificação com a própria vida.
 
APÓS O ESPETÁCULO “PLAN B”
CCVF / FOYER DO GRANDE AUDITÓRIO
HÁ CONVERSA COM…
Aurélien Bory (CIE 111)
 
BILHETE CONJUNTO CIRCUS ARTS WEEKEND
"1.5ºC Ponto de Equilíbrio" + "Plan B"
10,00 EUR | COMPRAR 
Com Corentin Diana, Itamar Glucksmann, Jonathan Guichard, Mathieu Bleton
Design e Cenografia Aurélien Bory
Encenação Phil Soltanoff
Papéis originais Olivier Alenda, Aurélien Bory, Loïc Praud, Alexandre Rodoreda
Desenho de luz Arno Veyrat
Música Phil Soltanoff, Olivier Alenda, Aurélien Bory
Música adicional Ryoji Ikeda, Lalo Schiffrin
Assistência de encenação Hugues Cohen
Instalação vídeo Pierre Rigal
Figurinos Sylvie Marcucci
Cenário Christian Meurisse, Harold Guidolin, Pierre Dequivre
Pinturas Isadora de Ratuld
Técnico de som Joël Abriac
Técnico de luz Patrice Le Cadre
Técnico de palco Sylvain Lafourcade 
Diretora geral Florence Meurisse
Administrador Clément Séguier-¬Faucher
Diretor de produção Justine Cailliau Konkoj
Imprensa Dorothée Duplan, Flore Guiraud, Eva Dias assistida por Louise Dubreil (Plan Bey)
Produção Compagnie 111 - Aurélien Bory
Coprodução em 2003 Théâtre Garonne, scène européenne / Toulouse, Théâtre de la Digue / Toulouse, Le Train Théâtre-Scène conventionnée / Portes lès Valence com o apoio de Centre de Développement Chorégraphique de Toulouse / Midi-Pyrénées Service culturel Ambassade de France / New-York, TnBA-Théâtre National de Bordeaux en Aquitaine com o financiamento de Ministère de la culture/Direction Générale de la Création Artistique, Convention Institut Français/Ville de Toulouse, ADAMI
Coprodução em 2012 Le Grand T - Théâtre de Loire Atlantique / Nantes, Théâtre du Rond-Point / Paris com o apoio de Théâtre Garonne, scène européenne / Toulouse, TNT - Théâtre national de Toulouse Midi-Pyrénées, L`Usine centre national des arts de la rue et de l`espace public / Tournefeuille Toulouse Métropole
Compagnie 111 – Aurélien Bory é financiada por Ministère de la Culture et de la Communication - Direction Régionale des Affaires Culturelles Occitanie / Pyrénées - Méditerranée - Région Occitanie / Pyrénées - Méditerranée, Ville de Toulouse, Conseil Départemental de la Haute--Garonne
_
Duração 70 min. s/intervalo
Maiores de 12
 
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800