/ Sinopse
/ informação adicional
/ voltar
Sábado, 15 Novembro | 22h00
Música | Grande Auditório
Django Bates and Stormchaser
Spring Is Here (Shall We Dance?)
Compositor criativo e músico virtuoso, Django Bates nasceu em Kent - Inglaterra, em 1960. Teve lições de piano, violino e trompete, frequentou o Royal College of Music em Londres, onde estudou composição, curso que deixou duas semanas depois, tendo optado pelo jazz e assumindo-se como músico independente, compositor e autodidacta.

Dedicou-se aos teclados, trompa tenor e composição. Django Bates ficou conhecido através de alguns projectos artísticos que concebeu, sendo o seu principal compositor. De todos estes projectos destaca-se um grupo alargado de músicos, “Loose Tubes”, uma das orquestras de jazz mais criativas dos anos 80. Os “Loose Tubes” foram a primeira orquestra de jazz a actuar no “Royal Albert Hall” BBC Prons, em Londres, apresentando ao mundo uma nova geração de músicos criativos.Django Bates tem uma importante série de discos gravados. "Good Evening... Here is The News", nomeado para o Mercury Music Award; "Summer fruits (and unrest)", votado como "Pick of The Year" pelos produtores e apresentadores da BBC Rádio 3 Mixing It; "Music for the Third Policeman", eleito um dos melhores álbuns do ano pelo "The Guardian" e pela "Q Magazine". A revista "Wire" considerou D. Bates como o melhor compositor de jazz do Reino Unido, em 1987 e 1990. O músico recebeu ainda o prémio "Bobby Jaspar" pela academia francesa "Academie du Jazz". D. Bates foi convidado a compor para grupos e orquestras de todo o mundo, nomeadamente para a "WDR Symphony Orchestra" da Alemanha, tendo dirigido músicos internacionais como Joanna MacGregor e Evelyn Glennie. Em 1996, foi compositor residente em Copenhaga e participou nas festividades da Capital Europeia da Cultura. Uma das suas passagens regulares ao longo dos anos foi pela "Human Chain ", banda cooperativa, capaz de realizar as mais atrevidas fusões de estilos, provocando suprendentes interacções musicais entre hinos fúnebres, tangos, bebop e versões distorcidas de "cocktail lounge muzak". Após a extinção dos "Loose Tubes", Django Bates formou a "Powder Room Collapse Orchestra" e a "Delightfuk Precipice". Mais recentemente foi director artístico do "Fuse Leeds04" - uma bienal de música que celebra a riqueza e a diversidade da actual cena musical. Em Julho de 2005 foi nomeado professor de música no prestigiado Conservatório de Música Rítmica de Copenhaga,
na Dinamarca.

Julie Kjær flautas Bo Skjold Christensen clarinetes Magnus Thuelund Hansen saxofone alto Aske Drasbaek Philipsen saxofone alto, saxofone soprano Marius Neset saxofone Martin Stender saxofone tenor Søren Kristian Karkov saxofone Lars Søberg Andersen trompete Jimmy Nyborg trompete Ulrik Kofoed trompa Sara Madsen trombone André Jensen trombone baixo Daniel Herskedal tuba Christian Bluhme Hansen guitarra Anton Wilhelm Eger bateria Frans Peter Eld baixo eléctrico Mikkel Schnettler percussão Josefine Lindstrand voz e sinos tibetanos Django Bates teclados, Eb tenor horn, Maiores de 12
 

www.myspace.com/djangobates 

2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800