/ Sinopse
/ voltar
Sexta, 5 Dezembro | 23h00 a Sábado, 13 Dezembro | 23h00
Música | Café Concerto
Festival One Man Band
No imaginário colectivo, "one man band" é um signo dicotómico: representa o músico nómada que percorre as ruas carregado de instrumentos e artefactos mecânicos que manuseia com a perícia de quem aspira a ser "profissional"; mas representa também a liberdade, independência e versatilidade a que aspiram os artistas que são "profissionais".

O Festival One Man Band condensa as duas faces desta moeda: à estética artística dos projectos formados por um só músico que se desdobra entre vários instrumentos, soma-se a originalidade, contemporaneidade, mas também profissionalismo das suas propostas. Paulo Furtado, protagonista da one man band "The Legendary Tiger Man", assume a direcção artística deste Festival que inaugura com cinco projectos notáveis: àquele, some-se Becky Lee, Bob Log III, Son of Dave e "Slimmy + Dj Ride".


Sábado, 13 Dezembro | 23h00
Slimmy & DJ Ride + DJ Session Da Flux
Música | Café Concerto
Pervertendo o conceito do artista solitário, o festival One Man Band propõe uma colaboração inédita entre dois dos mais criativos e interessantes músicos portugueses da nova geração: Slimmy e DJ Ride. ler mais

Sexta, 12 Dezembro | 23h00
Son of Dave (UK) + DJ Session `Boy Named Sue´
Café Jazz | Grande Auditório
“Son of Dave” é Benjamin Darvill, músico canadiano radicado no Reino Unido, que também é entertainer e ainda cronista da revista musical “Stool Pigeon”. Numa aventura de músculo e espiritualidade desenvolvida por este membro dos “Crash Test Dummies” ao longo de centenas de celebrações ao vivo, o bater de pé, a respiração e o timbre roufenho da harmónica filtrado por um velho microfone astatic marcam o ritmo e fazem a máquina carburar.  ler mais

Sábado, 6 Dezembro | 23h00
Bob Log III (EUA) + DJ Session ´Sean Riley´
Música | Café Concerto
“Bob Log III” é um enigma, um quebra-cabeças: nunca pisa o palco sem o seu capacete com microfone incorporado. O que poderia ser entendido como uma extravagância começou por ser um recurso de defesa improvisado: fazendo parte do duo "Doo Rag", Bob Log viu-se forçado a assumir o comando de todos os instrumentos, depois de o baterista Thermos Malling abandonar inesperadamente a banda a meio de uma tournée. Com receio das reacções à sua actuação a solo, Bob passou a munir-se de um capacete de forma a proteger-se das agressões do público mais entusiasta. Hoje, o adereço é a imagem de marca deste artista de sonoridade crua mas animosa. ler mais

Sexta, 5 Dezembro | 23h00
The Legendary Tiger Man + Becky Lee and Drunk Foot
Café Jazz | Café Concerto
Paulo Furtado é um artista de muitas faces. Em “Tédio Boys” era uma entre várias personalidades; nos “WrayGunn” é visto como o líder do rebanho; em “The Legendary Tiger Man” comanda uma tripulação de um só tripulante. ler mais
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800