Youtube Link   Facebook Link Twitter Link
  
COMPRAR BILHETES
5,00 EUR / 3,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes; Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos; Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Projeto cultural ambicioso e singular criado pela Câmara Municipal, a Orquestra de Guimarães propõe um brinde ao Ano Novo com um concerto festivo.

Sob a direção do maestro Vítor Matos, o concerto deste ano terá como solista a prestigiada soprano Elisabete Matos e apresentará, como é já tradicional, algumas das mais célebres e melodiosas valsas, polcas e operetas do período dourado dos bailes Vienenses.

informação adicional fechar todos
Programa
I Parte
The Merry Wives of Windsor (Overture) – Otto Nicolai
“Liebe du Himmel auf Erden” (aus der Operette Paganini) – Franz Léhar 
“Wer will heut Nacht mein Liebster sien?” (aus der Operette Paganini) – Franz Léhar 
“Einer wird Kommen” (aus der Operette Die Zarewitsch) – Franz Léhar 
Emperor Waltz 437 – Johann Strauss II 
II Parte
Liebesbotshaft-Galopp – Johann Strauss II
Accelerationen Walzer Op. 234 – Johann Strauss II
Auf Ferienreisen, Polka schnell, Op. 133 – Josef Strauss
Éljen a Magyar! Polka schnell, Op. 332 – Johan Strauss II
La Leyenda del Beso (Intermédio) – Soutullo y Vert
“Al Pensar” (Las Hijas del Zebedeo) – Ruperto Chapi 
Inter Donner und Blitz Op. 314 – Johan Strauss II
The Blue Danube, Op.314 – Johann Strauss II 
 
Orquestra de Guimarães
Direção Vítor Matos
Solista Elisabete Matos (Soprano)
Dança Academia Gindança
Duração 70 min. c/ intervalo
Maiores de 6
COMPRAR BILHETES
2,00 EUR
Montanha-Russa é um espetáculo da dupla Miguel Fragata e Inês Barahona, à qual se junta a dupla Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo, da banda Clã.
Um espetáculo em que o teatro e a música disputam o palco, desafiando as convenções do “teatro musical”, como quem desafia as leis da gravidade num loop. Montanha-Russa mergulha vertiginosamente na adolescência. Retira-a do lugar dos lugares-comuns e procura aproximá-la da dimensão da intimidade. Uma dimensão secreta, privada, interior, mas que vive no desejo de ganhar um palco onde se possa exibir. Montanha-Russa é o diário deixado em cima da mesa, o diário destilado nas redes sociais, ou o diário perigosamente transportado para o liceu: uma intimidade a gritar “leiam-me!”, uma geração a querer fazer-se ouvir ao som da música. 
informação adicional fechar todos
Encenação Miguel Fragata 
Texto e Letras Miguel Fragata e Inês Barahona 
Música Original Hélder Gonçalves 
Com Anabela Almeida, Bernardo Lobo Faria, Carla Galvão, Miguel Fragata e (música ao vivo) Hélder Gonçalves, Manuela Azevedo, Miguel Ferreira, Nuno Rafael   
Movimento Marta Silva 
Desenho de Som Nelson Carvalho
Desenho de Luz José Álvaro Correia  
Cenografia F. Ribeiro 
Figurinos José António Tenente 
Vídeo Henrique Frazão
Direção Técnica (luz) Nuno Figueira 
Direção Técnica (som) Nelson Carvalho 
Roadie Norberto Duque 
Produção Executiva Clara Antunes e Sara Cipriano / Formiga Atómica 
Apoio DB Schenker 
Coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Nacional de São João, Teatro Virgínia, Formiga Atómica 
Coprodução fase de pesquisa Festival Terres de Paroles 
Projeto Financiado por República Portuguesa – Cultura I DGArtes – Direção-Geral das Artes 
_
Público-Alvo Maiores de 12 anos  
Duração 1h50min.
ENTRADA LIVRE*
* até ao limite da lotação da sala
Ao longo de mais de um ano, Inês Barahona e Miguel Fragata mergulharam nas palavras e ideias de adolescentes.
Tentaram provocar-lhes as perguntas e recolher as respostas que pontuam as suas vidas e visões do mundo. Criar um espetáculo sobre a adolescência requeria uma pesquisa longa e cuidada – diários, letras, canções, imagens, confessionários, provocações…Desafiaram atores e músicos a pôr de pé um espetáculo musical onde todos serão cúmplices: Montanha-Russa. Os adolescentes já saíram da infância e caminham para o lugar das responsabilidades onde se tornarão adultos. Encontram-se a meio. Nós tentámos encontrá-los a eles. 
 
informação adicional fechar todos
Realização, Câmara e Montagem Maria Remédio 
Pós-Produção de som Bernardo Theriaga
Produção Formiga Atómica
_
Público-Alvo Maiores de 12 anos  
Duração c. 60 min.
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
_

VENDA DE BILHETES
www.ccvf.pt
oficina.bol.pt
Centro Cultural Vila Flor
Casa da Memória
Centro Internacional das Artes José de Guimarães
Lojas Fnac, El Corte Inglés, Worten
Entidades aderentes da Bilheteira Online
Foi no GUIdance que a carreira de Victor Hugo Pontes explodiu. Era 2012 e o coreógrafo estreava A Ballet Story, que de imediato se tornou um fenómeno. Meses antes, também no CCVF, mostrava pela primeira vez Fuga Sem Fim. Pontes ainda não tinha perdido o medo ao Grande Auditório e, por isso, a peça tem lugar dentro do palco, fechado. E é a esse lugar que regressaremos na abertura da segunda semana do GUIdance 2019. Victor Hugo Pontes é o coreógrafo em destaque na edição deste ano do festival. Além dessa remontagem vai apresentar, na abertura do evento, Drama, em estreia absoluta. Esta não é a única peça que o público verá pela primeira vez no GUIdance deste ano. Dos nove espetáculos do programa, seis são estreias absolutas e coproduções d’ A Oficina. O festival promove ainda duas estreias em Portugal de companhias estrangeiras. Depois de ter mostrado ao público nacional, pela primeira vez, o trabalho de Wayne McGregor e Russell Maliphant, o GUIdance convida o incontornável Michael Clark que, com to a simple, rock ‘n’ roll… song, encerrará esta edição. Uma semana antes, a promissora companhia Wang Ramirez apresenta EVERYNESS.
 
PROGRAMA
 
Quinta 7 fevereiro, 21h30
CCVF / Grande Auditório
Drama
Victor Hugo Pontes
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sexta 8 fevereiro, 21h30
Fábrica ASA / Black Box
No Fim Era o Frio
Mão Morta + Inês Jacques 
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sábado 9 fevereiro, 11h00 e 15h00
CCVF / Pequeno Auditório (palco)
Um Ponto que Dança 
Sara Anjo 
[EDUCAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL]
 
Sábado 9 fevereiro, 18h30
CIAJG / Black Box
anesthetize 
Maurícia | Neves
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sábado 9 fevereiro, 21h30
CCVF / Grande Auditório
EVERYNESS
Company Wang Ramirez
[ESTREIA NACIONAL]
 
Quarta 13 fevereiro, 21h30
CCVF / Grande Auditório
Fuga Sem Fim
Victor Hugo Pontes 
[REMONTAGEM]
 
Quinta 14 fevereiro, 21h30
CCVF / Pequeno Auditório
Fraternidade I + II
Útero
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sexta 15 fevereiro, 21h30
Fábrica ASA / Black Box
Lento e Largo
Jonas & Lander
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sábado 16 fevereiro, 11h00 e 15h00
CCVF / Pequeno Auditório (palco)
Oceano 
Ainhoa Vidal 
[EDUCAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL]
 
Sábado 16 fevereiro, 18h30
CIAJG / Black Box
Dos Suicidados – O Vício de Humilhar a Imortalidade
Joana von Mayer Trindade & Hugo Calhim Cristovão
[ESTREIA ABSOLUTA]
 
Sábado 16 fevereiro, 21h30
CCVF / Grande Auditório
to a simple, rock ‘n’ roll… song.
Michael Clark Company
[ESTREIA NACIONAL]
 
ATIVIDADES PARALELAS
 
MASTERCLASSES
 
Sexta 8 fevereiro, 16h00-18h00
CCVF / Sala de Ensaios
Masterclasse com Company Wang Ramirez
 
Sexta 15 fevereiro, 16h00-18h00
CCVF / Sala de Ensaios
Masterclasse com Michael Clark Company
 
DEBATES
 
Sábados 9 e 16 fevereiro, 16h00
CIAJG / Sala de Conferências
Debates
Moderados por Cláudia Galhós
 
EDUÇAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL
 
Terça 5 fevereiro
Escola Secundária Francisco de Holanda
Embaixadores da Dança 
Adolfo Luxúria Canibal
 
Quinta 7 fevereiro
Escola Secundária Santos Simões
Conferências na Escolas
Cláudia Galhós
 
Domingo 10 fevereiro, 11h00
CIAJG
Máquina de fazer Museus 
O corpo como voz do museu
Ángela Diaz Quintela
 
Segunda 11 fevereiro
Escola Secundária Caldas das Taipas
Embaixadores da Dança 
Victor Hugo Pontes
 
Quarta 13 fevereiro
Escola Secundária Martins Sarmento
Conferências nas Escolas
Cláudia Galhós
 
Domingo 17 fevereiro, 11h00
CDMG
Domingos em Casa
O corpo como território de memória 
Ángela Diaz Quintela
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
fechar todos
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Victor Hugo Pontes prolonga, nesta nova criação, o trabalho laboratorial de procura de uma nova linguagem artística, situada algures entre a palavra e o movimento. Depois de Se Alguma Vez Precisares da Minha Vida, Vem e Toma-a, a partir de A Gaivota de Anton Tchekóv (estreia absoluta no GUIdance de 2016), desta feita o ponto de partida é a peça seminal de Luigi Pirandello Seis Personagens à Procura de Um Autor.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
 
informação adicional fechar todos
Direção e Coreografia Victor Hugo Pontes
Cenografia F. Ribeiro
Desenho de Luz e Direção Técnica Wilma Moutinho
Música Original Rui Lima e Sérgio Martins
Pianista Joana Gama
Figurinos Cristina Cunha e Victor Hugo Pontes
Apoio Dramatúrgico Madalena Alfaia
Assistente de Direção João Santiago
Interpretação Ángela Diaz Quintela, Daniela Cruz, Dinis Santos, Félix Lozano, Pedro Frias, Valter Fernandes, Vera Santos e participantes da comunidade local
Estagiária Liliana Oliveira
Direção de Produção Joana Ventura
Assistência de Produção Mariana Lourenço
Coprodução Nome Próprio, Centro Cultural Vila Flor, Teatro Municipal do Porto – Rivoli . Campo Alegre e São Luiz Teatro Municipal
Apoio residência artística Circolando e Teatro Nacional São João
A Nome Próprio tem o apoio da República Portuguesa – Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes e é uma estrutura residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto
_
Duração a definir
Classificação etária a definir
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Local - Fábrica ASA / Black Box

Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Um grupo de músicos e um grupo de bailarinos juntam-se para apresentar uma desconstrução do espetáculo de música e de dança. É assim No Fim Era o Frio. A banda – neste caso os Mão Morta, matéria mítica do rock português – cria o cenário onde deambulam os corpos, em movimentos imaginados pela coreógrafa Inês Jacques.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
 
informação adicional fechar todos
Direção artística Adolfo Luxúria Canibal e Inês Jacques
Narrativa Adolfo Luxúria Canibal
Música Miguel Pedro e António Rafael
Coreografia Inês Jacques
Músicos Mão Morta (Adolfo Luxúria Canibal, António Rafael, Joana Longobardi, Miguel Pedro, Sapo, Vasco Vaz)
Bailarinos Beatriz Valentim, Diana Vieira, Francesca Bertozzi, Inês Jacques, Luis Guerra, Ricardo Pereira
Espaço Cénico Inês Jacques e Adolfo Luxúria Canibal
Desenho de Luz Fred Rompante
_
Duração 60 min. s/intervalo
Maiores de 16 anos
2,00 EUR
Esta oficina desenvolvida por Sara Anjo, a partir do livro com o mesmo nome que a artista escreveu, com ilustrações de Martina Manyà, desenvolve-se em duas partes: uma leitura encenada da obra e um conjunto de exercícios centrados na ideia de um ponto que dança para crianças e famílias.
 
Lotação 50 pessoas (cada criança pode vir acompanhada, no máx., por 2 adultos)
Duração c. 60 min.
Público-alvo Maiores de 3 anos  
Preço 2,00 eur
_
Inscrição através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt 
informação adicional fechar todos
Criação e Orientação Sara Anjo 
Cenário Martina Manyà
Sonoplastia Artur Pispalhas 
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Há uma associação pouco óbvia entre as ideias de anestesia e movimento, mas é a partir dessa aparente contradição que a prolífica criadora Maurícia | Neves (coreógrafa e performer, mas também autora de instalações e música) fez nascer anesthetize, peça para três corpos femininos com a qual faz a sua estreia no GUIdance.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Conceito e Coreografia Maurícia | Neves
Cocriadoras e performers Greta Grineviciute, Ruta Buktus, Beatriz Dias
Som Daina Dieva 
Luz Vera Martins
_
Duração a definir
Classificação etária a definir
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Autores de uma linguagem que cruza hip-hop, ballet e movimentos de artes marciais, a dupla Honji Wang e Sébastien Ramirez tem construído, desde 2010, um sólido percurso que os tem levado a alguns dos principais centros de dança mundiais. A companhia Wang Ramirez estreia-se em Portugal com EVERYNESS, peça que traz para o palco o tema das relações humanas, seja a amizade ou o amor romântico.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Direção artística e coreografia Honji Wang & Sébastien Ramirez
Com Joy Alpuerto Ritter, Salomon Baneck-Asaro, Alexis Fernandez Ferrera aka Maca, Thierno Thioune, Honji Wang
Música original Schallbauer
Desenho de som e técnico Clément Aubry
Desenho de luz Cyril Mulon
Dramaturgia Roberto Fratini
Cenografia Constance Guisset
Rigging Kai Gaedtke
Stylist Linda Ehrl
Assistente de luz Guillaume Giraudo
Produtor da criação em 2016 Dirk Korell
Produção executiva Company Wang Ramirez, Clash66
Direção da companhia Manon Martin 
Comunicação Claudia Tanus
Direção de Produção | Alemanha Sabine Seifert
Direção de Produção | França Corinne Aden
Coordenação da Tournée Mirélia Auzanneau
Direção Técnica Cyril Mulon
Coprodução L`Archipel, scène nationale de Perpignan (in the frame of a creation residency); Théâtre de la Ville / La Villette, Paris; Mercat de les Flors, Barcelona; Tanz im August / HAU Hebbel am Ufer Berlin; Migros Culture Percentage Dance Festival Steps, Switzerland
Apoio Hauptstadtkulturfonds, Senat Berlin; Regional council Occitanie / Pyrénées-Méditerranée; Regional Cultural Affairs Directorate Occitanie; County council Pyrénées Orientales; Foundation BNP Paribas; fabrik Potsdam in the frame of the program «Artists in residence»
Agradecimentos Centre Chorégraphique National de Créteil et du Val-de-Marne / Company Käfig
A Companhia Wang Ramirez - Clash66 recebe apoio estrutural da Direção Regional de Assuntos Culturais Occitanie, do conselho regional Occitanie / Pyrénées-Méditerranée e do conselho distrital dos Pirinéus Orientais. A companhia recebe o apoio da Fundação BNP Paribas para o desenvolvimento dos seus projetos. Honji Wang e Sébastien Ramirez são artistas associados do Théâtre de la Ville, Paris e artistas apoiados por l`Archipel, scène nationale de Perpignan.
_
Duração 70 min.
Maiores de 12 anos
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Estreado em novembro de 2011, no CCVF, Fuga Sem Fim regressa ao ponto de partida, numa remontagem encomendada pelo GUIdance 2019. Construído a partir de uma ideia de João Paulo Serafim – realizador do vídeo que acompanha a peça –, neste espetáculo Victor Hugo Pontes propõe uma reflexão sobre a ideia de fuga e o acto criativo.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Direção Victor Hugo Pontes
Realização e Edição Vídeo João Paulo Serafim
Direção Técnica e Desenho de Luz Wilma Moutinho
Música Original Rui Lima e Sérgio Martins
Figurinos Osvaldo Martins
Apoio à Dramaturgia Madalena Alfaia
Intérpretes e Cocriadores Bruno Senune, Liliana Garcia, Marco da Silva Ferreira, Pedro Rosa e Valter Fernandes
Intérpretes 2019 Bruno Senune, João Santiago, Liliana Garcia, Marco da Silva Ferreira e Valter Fernandes       
Produção Nome Próprio
Direção de Produção Joana Ventura
Assistente de Produção Mariana Lourenço
Coprodução Companhia Instável, Centro de Artes Performativas do Algarve, O Espaço do Tempo e Centro Cultural Vila Flor
Apoio Fundação Calouste Gulbenkian
Apoio à Residência Artística Teatro Nacional São João, Fundação Porto Social
Apoio Logístico Gonçalo & Simão, Lda.
A Nome Próprio tem o apoio da República Portuguesa – Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes e é uma estrutura residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto
_
Duração 60 min.
Maiores de 16 anos
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Este espetáculo é um díptico dividido por um intervalo. Como se fossem duas peças gémeas, ou o lado A e B de um disco. Fraternidade I e II é a Útero de Miguel Moreira a perguntar o que quer realmente dizer masculino e feminino, a partir do elo mais forte que ligar os seres humanos: a fraternidade.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Díptico de Miguel Moreira
Cocriação e interpretação Cláudia Serpa Soares, Francisco Camacho, Luís Guerra, Maria Fonseca, 
Miguel Moreira, Romeu Runa, Sara Garcia, Shadowmen
Música original ao Vivo Ricardo Toscano
Desenho de luz Rui Monteiro
Vídeo João Pedro Fonseca
Fotografia Helena Gonçalves
Residências e lugares de ensaio Estúdios Vitor Córdon, Espaço Gaivotas, Latoaria, Teatro Aveirense, Fábrica Asa
Apoio Estúdios Vitor Córdon/Programa Casa
Apoio Câmara Municipal de Lisboa - Espaço Gaivotas
Com o apoio do Governo Português - Direção Geral das Artes 
Coprodução Útero, Centro Cultural Vila Flor, Cine Teatro Avenida, Teatro Aveirense, Teatro das Figuras
_
Duração a definir
Classificação etária a definir
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
O interesse da dupla Jonas&Lander (Jonas Lopes e Lander Patrick) pela robótica enquanto elemento performativo vem de trás, mas nunca deixa de causar estranheza. Em Lento e Largo, os robôs que dançam são um dos elementos que contribuem para o que chamam de poética da alucinação. Inspirados pelo surrealismo, reclamam a ficção como espaço que desafia a racionalidade.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Direção Artística, Coreografia e Interpretação Jonas Lopes e Lander Patrick
Interpretação Ana Vaz, Lewis Seivwright, Mathilde Bonicel
Intérprete Estagiária Francisca Pinto
Cenografia e Adereços Rita Torrão
Cenografia, Desenho de Luz e Direção Técnica Rui Daniel
Assistência Técnica e à Robótica Joana Mário e Filipe Metelo
Make Up Filipa Vieira da Silva
Gestão e Produção Patrícia Soares
Difusão Nacional Produção d’Fusão
Difusão Internacional Ingrida Gerbutaviciute
Produção – Sinistra Associação Cultural
Coprodução Rede 5 Sentidos (Centro Cultural Vila Flor, Centro de Artes de Ovar, O Espaço do Tempo, Teatro Académico Gil Vicente, Teatro Micaelense, Teatro Municipal da Guarda, Teatro Municipal do Porto – Rivoli, Teatro Nacional São João, Teatro Virgínia, Teatro Viriato), Teatro Freiburg (DE), Teatro do Bairro Alto
Apoio a Residências Artísticas Rede 5 Sentidos, Arts Printing House, Estúdios Victor Cordon, Município de Ílhavo – 23 Milhas, Fabrik Potsdam
Apoio Polo das Gaivotas | Câmara Municipal de Lisboa
Agradecimentos CINEL, Município do Cartaxo, Joana Lino
Projeto inserido no Programa de Convite à Criação Artística Nacional da Rede 5 Sentidos
_
Duração a definir
Maiores de 6 anos
2,00 EUR
A poesia que se pode imaginar a partir dos animais e plantas que se encontram fundo do mar é a matéria a partir do qual se constrói Oceano, espetáculo para fazer sonhar crianças dos 6 meses aos 2 anos, criado por Ainhoa Vidal.
 
Lotação 36 pessoas (cada criança pode vir acompanhada, no máx., por 2 adultos)
Duração c. 40 min.  
Público-alvo Crianças dos 6 meses aos 2 anos 
Preço 2,00 eur
_
Inscrição através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt
informação adicional fechar todos
Criação, Interpretação, Figurinos e Apoio na Cenografia Ainhoa Vidal  
Música Pedro Gonçalves 
Cenografia Carla Martínez
Criação de Luz e Vídeo Nuno Salsinha 
Residência Centro de Dia da Sé 
Produção Célia Costa 
Coprodução São Luiz Teatro Municipal e Teatro Aveirense 
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
O trabalho da dupla Joana von Mayer Trindade e Hugo Calhim Cristovão é singular pela metodologia de trabalho assente num diálogo entre a experimentação, o pensamento e o discurso crítico. Depois de José Régio e Almada Negreiros, prosseguem a sua investigação sobre escritores portugueses, partindo da obra de Raul Leal em Dos Suicidados – O Vício de Humilhar a Imortalidade.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Direção, Coreografia, Dramaturgia e Formação Hugo Calhim Cristovão & Joana von Mayer Trindade 
Interpretação Francisco Pinho e André Araújo 
Teoria e Filosofia Ana Mira, Celeste Natário, Cláudia Galhós, Cláudia Marisa, Cristina Aguiar, Ezequiel Santos, Mariana Pinto dos Santos, Mário Correia, Sofia Vilar e Rui Lopo 
Desenho de Luz e Acompanhamento Técnico Cárin Geada 
Figurinos UN T 
Colaboração Cenográfica Jérémy Pajeanc 
Design Eduardo Ferreira 
Vídeo Andrea Azevedo 
Fotografia Susana Neves 
Produção e Difusão Patrícia do Vale - Nuisis Zobop
Coproduções Centro Cultural Vila Flor, Teatro Municipal do Porto, Theatro Circo e Asta- Festival ContraDança
Parcerias Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Instituto de Sociologia da Universidade do Porto, Instituto de Filosofia Luso-Brasileira
Residências Artísticas Forum Dança, Materiais Diversos / 23 Milhas, Circolando, Centro de Criação de Candoso, Teatro Municipal do Porto- Rivoli e Teatro do Campo Alegre, Companhia Instável e Espaço do Tempo
Projeto Financiado por República Portuguesa - Cultura | DGARTES – Direção Geral das Artes
_
Duração 90 min. aprox. 
Maiores de 16 anos
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
_
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
O grande iconoclasta da dança britânica, Michael Clark, estreia-se em Portugal com to a simple, rock ´n` roll… song. (2016). Esta peça em três atos presta homenagem a três das suas fontes de inspiração musical (Erik Satie, Patti Smith e David Bowie), explorando as principais marcas da linguagem artística deste criador: o esbatimento das fronteiras entre o bailado clássico e a dança contemporânea, a moda, a música e as artes visuais.
 
ASSINATURA 5 ESPETÁCULOS (à escolha)
30,00 eur | COMPRAR
 
ASSINATURA 4 ESPETÁCULOS (à escolha)
25,00 eur | COMPRAR

ASSINATURA 3 ESPETÁCULOS (à escolha)
20,00 eur | COMPRAR
informação adicional fechar todos
Coreografia Michael Clark
Design de luz Charles Atlas
Figurinos Stevie Stewart, Michael Clark
Com música de Erik Satie, Patti Smith e David Bowie
Encomendado por Barbican, London
Apoiado por Patrons of New Work
Coproduzido por Barbican, London, Michael Clark Company e Théâtres de la Ville de Luxembourg
Michael Clark Company é apoiada através de financiamento público pelo Arts Council England
_
Duração 80 min. c/ Intervalo
Maiores de 12 anos
As masterclasses programadas no âmbito do GUIdance são uma experiência única de trabalho criativo que permitem a bailarinos/as e alunos/as de dança de nível avançado um contacto privilegiado com alguns dos mais conceituados criadores internacionais da dança contemporânea. Este ano, as masterclasses do GUIdance serão orientadas pelas companhias Wang Ramirez e Michael Clark. Como tarefa complementar da formação, é possibilitado o acesso aos espetáculos das companhias que orientam as masterclasses.
 
Sexta 8 fevereiro, 16h00-18h00
CCVF / Sala de Ensaios
Masterclasse com Company Wang Ramirez
 
Sexta 15 fevereiro, 16h00-18h00
CCVF / Sala de Ensaios
Masterclasse com Michael Clark Company
fechar todos
Nestes encontros, convidamos alguns coreógrafos a partilhar o seu percurso, a sua experiência de vida e as suas visões artísticas em contexto de sala de aula. Uma visita devolvida depois pelos alunos, para assistirem ao espetáculo do criador que com eles estabeleceu um sentido de partilha.
 
Terça 5 fevereiro
Escola Secundária Francisco de Holanda
Adolfo Luxúria Canibal
 
Segunda 11 fevereiro
Escola Secundária Caldas das Taipas
Victor Hugo Pontes
fechar todos
O Centro Internacional das Artes José de Guimarães será a inspiração de uma oficina de movimento, que olha para a arte como território de experiência e de liberdade. Um diálogo entre o corpo, o museu, a memória e a imaginação.
 
Criação e Orientação Ángela Diaz Quintela
Público-alvo Maiores de 5 anos
Duração 90 min. 
Lotação mín. 10 / máx. 20 pessoas 
Preço 2,00 eur
_
Inscrição até 8 fevereiro, através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt
 
 
fechar todos
Esta oficina propõe uma viagem através do território de Guimarães onde o veículo será a nosso próprio corpo. Da mesma forma que a memória de um território se constrói e arquiva, o corpo também tem a sua própria  memória em constante transformação.
 
Criação e Orientação Ángela Diaz Quintela
Público-alvo Maiores de 5 anos
Duração 90 min. 
Lotação mín. 10 / máx. 20 pessoas 
Preço 2,00 eur
_
Inscrição até 15 fevereiro, através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt
 
fechar todos
COMPRAR BILHETES
15,00 EUR / 12,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
The Tallest Man On Earth, um dos maiores talentos do indie folk mundial, está de regresso a Portugal para três concertos onde apresentará as novas canções do projeto multimédia “When The Bird Sees The Solid Ground”.
Depois de 4 álbuns e 2 EPs editados, The Tallest Man On Earth, nome artístico do cantor e compositor sueco Kristian Matsson, brinda-nos com “When The Bird Sees The Solid Ground”, uma série de 5 webisódios, que começaram por ser disponibilizados em março e que se foram sucedendo ao longo da primavera e do verão. Realizados pelo próprio em ambiente caseiro, os vídeos foram o suporte escolhido para estrear os novos temas, bem como para contar a história por detrás dos mesmos. O tom confessional de “When The Bird Sees The Solid Ground” será agora transportado para palco, numa digressão mundial que, em Portugal, passa por Lisboa e Aveiro, terminando em Guimarães, no Centro Cultural Vila Flor, a 24 de fevereiro.
informação adicional fechar todos

Maiores de 6 

COMPRAR BILHETES
25,00 EUR - Cadeiras de Orquestra
(com oferta de CD)

20,00 EUR - Primeira e Segunda Plateias
A Tour “Odeon Hotel”, o nome do sexto álbum de originais dos Dead Combo, que teve início em abril de 2018 e se estenderá até ao final de 2019, conta com mais de cinquenta espetáculos realizados de norte a sul do país, incluindo as ilhas e algumas incursões por diversos países europeus e da América.
Em 2019, a Tour “Odeon Hotel” terá dois espetáculos especiais, um em Lisboa, no Coliseu dos Recreios, no dia 28 de fevereiro, e o outro em Guimarães, no Centro Cultural Vila Flor, no dia 2 de março. Para estes espetáculos especiais, os Dead Combo convidam Mark Lanegan, cantor e compositor norte-americano que, neste disco, dá voz a “I Know, I Alone”, um dos mais belos poemas escritos em língua inglesa por Fernando Pessoa, e Alain Johannes, músico e produtor norte-americano (Eleven, Chris Cornell, Queens of the Stone Age, PJ Harvey), responsável pela produção do disco “Odeon Hotel”.
informação adicional  |  imagens fechar todos
 Maiores de 6
EXPOSIÇÕES
ATÉ 10 FEVEREIRO 2019
 
SALAS #1-8
TEORIA DAS EXCEÇÕES
ENSAIO PARA UMA HISTÓRIA NOTURNA
COLEÇÃO PERMANENTE E OUTRAS OBRAS
 
SALAS #2; 4-6 E 8
JOSÉ DE GUIMARÃES
DA DOBRA E DO CORTE
MAQUETAS E OBRAS EM CARTÃO 
 
SALAS #9-11
CONSTELAÇÃO CUTILEIRO
 
SALAS #12-13
RUI CHAFES
DESENHO SEM FIM
 
 
ESPETÁCULOS
EDUCAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL
 
SÁBADO 15 DEZEMBRO, 11H00
SEGUNDA 17 A SEXTA 21 DEZEMBRO, 10H30 E 15H00
BLACK BOX
DAMA PÉ DE MIM 
ANA MADUREIRA 
 
Toda a informação em www.ciajg.pt
fechar todos
DOMINGO 16 DEZEMBRO, 11H00
OFICINA PARA FAMÍLIAS
DOMINGOS EM CASA
TRANSFERÊNCIA DE MEMÓRIAS
MARIA CÔRTE-REAL
 
ATÉ 30 DEZEMBRO
EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA
DEPOIS DO TEMPO
DUARTE BELO
 
TODO O ANO
EXPOSIÇÃO PERMANENTE
TERRITÓRIO E COMUNIDADE
 
Toda a informação em www.casadamemoria.pt
fechar todos
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800