GUIdance
Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
GUIdance
Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
GUIdance
Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
menu logo
menu logo
menu logo
main logo
menu logo
menu logo sem link
menu logo
site atual logo
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Grande Auditório

SEXTA 15 NOVEMBRO, 21H30

Rudy Royston
Flatbed Buggy

Baterista virtuoso e altamente inventivo, Rudy Royston (n. 1970, EUA) é atualmente um dos mais prestigiados instrumentistas da sua geração e um colaborador frequente de grandes figuras desta música, tais como JD Allen, Bill Frisell, Dave Douglas e a Mingus Big Band, entre muitos outros. Compositor eclético, de profunda sensibilidade melódica e rítmica, Royston tem prosseguido uma carreira discreta mas afirmativa a solo e enquanto líder de formação, arquitetando ensembles com diferentes configurações – septeto, trio e quinteto – e com sonoridades adaptadas aos músicos que as compõe, entre os quais os saxofonistas Jon Irabagon e John Ellis e o contrabaixista Yasushi Nakamura, citando alguns dos seus colaboradores mais frequentes.

Rudy Royston estudou e iniciou o seu percurso musical em Denver, Colorado, cidade onde começou a tocar em grupos de gospel, rock alternativo e jazz. Aí estudou também com o grande trompetista Ron Miles, considerado o seu grande mentor, e teve a oportunidade de colaborar, ainda muito novo, com algumas das figuras notáveis do jazz local, entre elas Fred Fuller e o incontornável guitarrista Bill Frisell, com quem Royston mantém ainda hoje relação artística. A mudança para Nova Iorque marcou a fase decisiva de afirmação no circuito jazzístico ao mais alto nível, e desde então o baterista tem gravado e atuado ao vivo ao lado de grandes nomes do jazz contemporâneo. Em paralelo, Royston editou até ao momento três registos discográficos que revelam um compositor idiossincrático, com uma abordagem livre ao jazz e um reportório singular que inclui versões de Mozart e da banda rock Radiohead. Mais recentemente, Royston tem colaborado frequentemente com alguns dos músicos importantes do novo movimento do jazz contemporâneo, nomeadamente com o saxofonista Rudresh Mahanthappa, com quem o baterista atuou em 2018 no Guimarães Jazz, e a contrabaixista Linda Oh.

Rudy Royston apresentar-se-á no Guimarães Jazz em quinteto, a mesma formação que gravou o seu último álbum enquanto líder, Flatbed Buggy, editado no ano passado pela Greenleaf, a editora independente fundada por Dave Douglas e que tem divulgado alguns dos projetos mais originais do jazz-norte-americanos dos últimos anos. Com uma instrumentação invulgar, que inclui violoncelo e acordeão, este quinteto pratica uma música de raízes, com aproximações ao blues e à americana, e é constituído por um grupo de músicos provenientes de uma geração que se afirma agora como liderante da cena jazzística, complementado pelo veterano violoncelista Hank Roberts, um nome importante da música associada ao movimento de vanguarda de Nova Iorque da década de oitenta do século passado. Com uma sonoridade próxima da música de câmara, este quinteto é usado por Rudy Royston para, apesar da importante dimensão de improvisação, explorar novas possibilidades na sua música por meio de abordagem flexível dos cânones do jazz.

Preço
15,00 eur / 12,50 eur c/d

COMPRAR

Assinatura Festival
90,00 eur

COMPRAR

Maiores de 6

Rudy Royston bateria
Gary Versace acordeão
John Ellis clarinete, saxofone
Hank Roberts violoncelo, voz
Peter Slavov contrabaixo